Arquivo da categoria: Textos

Do Confessionário ao Wireless: Landell de Moura, o padre inventor

Nossa exposição tem a intenção de destacar a vida de Roberto Landell de Moura, padre e cientista, nascido em Porto Alegre no século XIX e de apresentar algumas de suas invenções. Durante sua vida religiosa atuou em diversas cidades brasileiras, das mais longínquas, até a sede do Império, Rio de Janeiro, quando chegou a celebrar missas diante de Dom Pedro II e da corte ou em São Paulo, onde realizou as experiências inéditas de transmissão da voz com aparelhos sem fio. Pretende-se (re)conhecer os méritos de Landell de Moura, apresentando o esforço, dedicação e vontade férrea, que o conduziram aos Estados Unidos da América, para demonstrar, diante das exigências burocráticas, provas cabais de seus estudos e inventos, e obter as Cartas Patentes.

Oriundo de família abastada, escolheu servir a Igreja e se fazer pobre, sofrer afrontas, mas plantar sementes e permitir que no futuro frutos fossem colhidos, em uma atitude de vanguarda. Reverencia-se aqui a memória deste personagem que esteve sempre à frente do seu tempo e objetiva-se ajudar a compreender como ele trabalhava, e os grandes inventos que nos legou. Para melhor explicitar estas características a exposição apresenta excertos de textos que o próprio Landell de Moura escreveu.

É apresentado aqui um homem que foi ético, que possuía convicções, paixão pela vida humana e pela pátria. Que permaneceu no seio da Igreja, enquanto servia ao Deus em que acreditava, sem deixar de servir à humanidade através da ciência, a qual amava com um ideal de paixão. Um homem que esquecia de si, para promover o bem-estar espiritual e físico dos seus semelhantes.